Categories
all

Derretendo

Derretendo no mais puro extase
Derramando suas vontades, verdade
Um transe único e interminável
Amor, paixão, sedução

Os corpos se tocam e fervem
Fluindo. Indo e vindo
O calor, a sede, a vontade

Sem pudor e sem medo
Os olhos se cruzam
E se entendem. Sincronizados

A respiração já é uma só
No compasso dos sentimentos
Tudo tão louco e tão profundo
Medo, prazer, cheiros, gostos

E quando tudo parece explodir em um mar de insanidade
Desespero, descontrole! Paz, eternidade…

amf 19.01.2006

Ouvindo: Come Into My World – Fischerspooner

2 replies on “Derretendo”

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.