Archive for September, 2005

A eterna busca do ser

O que tanto buscamos fora de nós? Porque somos infelizes quando temos tudo pra nossa felicidade dentro de nós mesmos? Investimos tanto tempo para conhecer melhor as pessoas que convivemos, mas esquecemos de nos conhecer de verdade. Quem sou eu? O que eu preciso? O que me motiva? São tantas perguntas e todas as respostas estão dentro de nós.

Escrevo sempre com base em minhas experiências, sucessos e insucessos. Sempre que me encontro no caos, começo a procurar fora de mim as respostas para minha necessidade de plenitude. O que eu tanto anseio que já não tenha dentro de mim? Amor? Paixão? Como eu posso procurar alguém pra amar se eu estou com problemas de amor próprio? Eu gosto de me apaixonar, porque paixão me move a fazer com mais gosto as coisas. Eu me sinto bem quando tenho alguém que me corresponda e que eu possa me dedicar.

Quem procura acha! Muito buscamos para nossa felicidade, e esquecemos que o que nos faz feliz de verdade nos é dado na hora certa. Seja pela conquista de uma busca nossa, ou simplismente aparecendo em sua vida. Mas quando procuramos insistentemente por algo, que pode não estar na hora certa de aparecer, as vezes, acabamos encontrando. Quem sabe dá certo, quem sabe não, mas o ponto é que você precisa estar bem consigo mesmo pra conseguir viver algo equilibrado. Não adianta ficar desesperado, descontrolado e ansioso por algo que você não está pronto pra viver agora. Então acalme-se um pouco. Dê tempo ao tempo. Se você não encontra algo que tanto busca, ou encontrou, mas não é viável, talvez seja um sinal de que você está “passando o carro na frente dos bois”.

Não estou dizendo que devemos esperar as coisas caírem do céu. Que devemos deixar nossas ambições de lado, ou que não nos entreguemos de cabeça a algo que realmente é verdadeiro e tem futuro. Mas precisamos ouvir mais aquela voz interior que nos diz exatamente o que precisamos. Precisamos silenciar um pouco nosso caos e tentar ouvir a voz da razão. Se você sente uma necessidade muito grande de algo, vá com calma. Não vá se queimar, nem queime os outros à sua volta.

Tenha paciência, e observe seu organismo. Qualquer sinal de desequilibrio não é legal, e precisa de atenção. E não é porque seu peito parece vazio ou seu coração sede de paixão, que você realmente precisa de encontrar alguém pra se relacionar. Será que seu coração não precisa de manutenção? Acredito que o meu sim…

amf – 2005.09.12

“Nobreza é desistir de sonhos, por mais egoístas que eles sejam.”

amf – 2005.09.12

Comments (5)