Eu prometo

Prometo não chorar ao vê-la partir
Não fraquejar quando a dor surgir
Cultivar as melhores memórias
Esquecer que um dia acabou

Prometo nossa história contar
Para aos outros alegrar
Estimular viver as paixões
Sem medo de entregar seus corações

Prometo não te esquecer
Não deixar o medo vencer
Nunca mentir ou desistir
E por mais difícil que pareça, sorrir

Prometo não me fechar
Não ter medo de amar
Porque quem nunca se apaixonou
Não sabe o que realmente é viver

Eu prometo tentar me recuperar
Mas isso só o tempo há de cuidar
Das dores do coração
E dos temores da razão.

amf – 20050714

2 Comments »

  1. cat said,

    April 16, 2008 @ 14:49

    legal *-*

  2. Bila Amorim said,

    March 8, 2009 @ 02:58

    Eh sempre este dilema, ne? Viver uma vida mediocre ou viver intensamente? Eu escolhi a segunda, mas doi.

RSS feed for comments on this post · TrackBack URI

Leave a Comment